AH! Ah se pelo menos o pensamento não sangrasse! Ah se pelo menos o coração não tivesse memória! Como seria menos linda e mais suave minha história Cacaso

junho 22, 2013 às 4:30 pm | Publicado em Cacaso | 1 Comentário
Anúncios

As coisas não querem mais ser vistas por pessoas razoáveis: Elas desejam ser olhadas de azul – Que nem uma criança que você olha de ave. Manoel de Barros

junho 22, 2013 às 4:27 pm | Publicado em Manoel de Barros | 1 Comentário

expo

“Vejo o esquecimento como preparação no sentido de que vamos deixando as coisas aos poucos, permitindo que algumas coisas desapareçam, se tornem desimportantes para nós.”

junho 22, 2013 às 4:11 pm | Publicado em Ivan Grilo, Valter Hugo Mãe | Deixe um comentário

Valter Hugo Mãe

Imagem

Ivan Grilo

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.